Portaria Virtual em Embu-Guaçu

Portaria Virtual em Embu-Guaçu

Como funciona a Portaria Virtual Remota e Inteligente

Monitoramento 365 dias por ano 24 horas por dia

Acima de tudo a Portaria Virtual em Embu-Guaçu é um sistema de monitoramento remoto para condomínios, ou seja, o atendimento é feito em uma central à distância.

O morador tem um controle de acesso que consequentemente libera a entrada e saídas do condomínio sendo por garagem ou portão de pedestres.

Finalmente visitantes e prestadores de serviços assim que liberados pelo morador, são cadastrados e sua entrada é liberada com total segurança.

Veja como funciona o sistema com a Portaria Virtual em Embu-Guaçu:

Entrada de Moradores no condomínio com Portaria Virtual em Embu-Guaçu

  1. Primeiro Portão de acesso de moradores: conta com um equipamento 3 em 1 o morador entra usando o reconhecimento facial, biometria ou tag.
  2. Segundo Portão de acesso de moradores: conta com um equipamento alfanumérico (teclado) que funciona tanto com senha de 4 dígitos ou tag.

Saída de Moradores no condomínio com Portaria Virtual em Embu-Guaçu

  • 1° e 2° Portão de saída com Portaria Virtual em Embu-Guaçu: conta com um equipamento alfanumérico (teclado) que funciona tanto com senha de 4 dígitos ou tag.

Os moradores são previamente cadastrados e assim, como resultado, contam com acesso automático, pois sua identificação ocorre por meio de dispositivos que permitem sua circulação como por exemplo Cartão de aproximação (Tag), reconhecimento facial ou Biometria.

Entrada de Visitantes ou Prestadores de Serviços com Portaria Virtual em Embu-Guaçu

  • 1° Portão: conta com interfone (porteiro Voip), destinado a identificar a pessoa que pretenda entrar nas dependências do edifício;
  • A central de atendimento: é responsável pela identificação do visitante, assim como pelo cadastro.
  • A central entra em contato com o morador e conforme a resposta obtida, abrirá ou não os portões, remotamente.

Saída de Visitantes ou Prestadores de Serviços com Portaria Virtual em Embu-Guaçu

  • Portão de saída: conta com interfone (porteiro Voip), destinado a identificar o visitante na saída do edifício.

Entrada de Veículos com Portaria Virtual em Embu-Guaçu

  • Os portões de veículos contam com um controle de acesso anti clonagem onde fica registrada a entrada e saída de cada veiculo.

O monitoramento é realizado 24 horas por dia e para tanto, faz uso dos seguintes equipamentos, dentre outros:

  • Câmeras de segurança;
  • Porteiro Voip;
  • Alarmes eletrônicos;
  • Cercas elétricas;
  • Interfones;
  • Software

Com a Portaria Virtual em Embu-Guaçu, o controle de acesso ao condomínio é realizado à distância por funcionários especializados, em uma central de atendimento própria. A eliminação da necessidade de funcionários na portaria e a tecnologia de ponta em controle de acesso oferecem:

A Portaria Virtual em Embu-Guaçu é Remota e Inteligente.

Acima de tudo nosso serviço de Portaria Virtual se destaca através da implantação de Projetos Inteligentes e Personalizados, os quais garantem a eficiência em cada solução onde são aplicados.

Otimizamos os recursos reduzindo custo e criando o gerenciamento de acesso com relatórios, gravações e armazenamento das imagens e áudio.

Atendemos Condomínios, Prédios e Edifícios com
Portaria Virtual em toda Grande São Paulo SP

Solicitação de Orçamento para Portaria Virtual

 

Sob o mesmo ponto de vista, acesse os links abaixo para ter mais informações:Portaria Virtual em Embu-Guaçu

Além disso, acesse também os links abaixo com mais informações sobre Portaria Virtual nas regiões:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual por ramo de atividade:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Norte SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Oeste SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Sul SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairro da Zona Leste SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros do Centro SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nas cidades da grande São Paulo:

Solicite agora seu orçamento para Portaria Virtual em condomínio, prédios ou edifícios:

 

Conheça um pouco de Embu-Guaçu

Emília Pedrozo de Moraes, nascida no ano de 1849 em Itapecerica da Serra, era filha de Manoel José de Moraes, capitão Moraes como era conhecido por todos, e vivia de suas lavouras nas terras que possuía e da venda de tropas.

Capitão Moraes possuía muitas terras, sítios e fazendas. A morada da família ficava na fazenda M’Boy Mirim onde hoje é o bairro Jardim Ângela e arredores. Pouco mais ao sul vinham as terras da Fazenda da Ilha ou Itararé, propriedade imensa no testemunho de pessoas que a conheceram, muito antes de existir o município de Embu-Guaçu. Segundo os mesmos, o atual centro da cidade de Embu-Guaçu, era alojamento e armazém de abastecimento dos tropeiros à serviço do capitão, parentes e amigos.

Quando Emília Pedrozo de Moraes tinha dezesseis ano, seu pai, providenciou seu casamento com José Pires Albuquerque, filho de Manoel Pires de Albuquerque e Rita Domingues. Casaram-se em 21 de setembro de 1867, quando Emília recebeu seu dote, grande parte das terras da Fazenda da Ilha ou Itararé, na margem direita do rio Embu-Guaçu, abrangendo terras até a divisa com Itanhaém. Recebeu também a casa do capitão em Itapecerica da Serra, que ficava em frente à igreja matriz, além de um casal de escravos, algumas joias, roupas de seda e veludo e alfaias para casa.

_

Um mês depois perdia o pai.

O marido de Emília, José Pires de Albuquerque, era tropeiro como o capitão Moraes e por isso se ausentava em longas viagens no manuseio das tropas que vinham do Sul e eram vendidas na feira de Sorocaba.

O casal foi morar na casa sede da Fazenda da Ilha ou Itararé, na margem esquerda do rio Embu-Guaçu. Que hoje constitui-se a sede do Museu Municipal Abraham Svartman Goltman.

O desenvolvimento da cidade adquiriu novo impulso com a chegada em 1929, dos trilhos da estrada de ferro Sorocabana, atual Rumo/América Latina Logística.

Em 1932 Benedito Roschel de Moraes inaugura a primeira casa comercial.

Em seguida, é instalada a Escola Mista de M’Boy Guassú, tendo como primeira professora a senhora Olivia Cremm de Moraes.

O povoado de Embu-Guaçu é elevado à condição de distrito de Itapecerica da Serra em 1944, pelo decreto-Lei nº 14.344/44.

Em fevereiro de 1964, Embu-Guaçu conquista a sua emancipação político administrativa, com uma área de 171 Km², e no dia 28 de março de 1965, toma posse o primeiro prefeito senhor José Simões Louro Junior, casado com Etelvina Delfim Louro (filha de Ignácio Pires de Moraes), juntamente com os vereadores, dando início a primeira administração autônoma do município.

Tags: Portaria Virtual em Embu-Guaçu, portaria, virtual, remota, inteligente, porteiro, condomínio, prédio, edifício, segurança, vigilância, São Paulo, SP