Portaria Virtual na Consolação

Portaria Virtual na Consolação

Como funciona a Portaria Virtual Remota e Inteligente

Monitoramento 365 dias por ano 24 horas por dia

Acima de tudo a Portaria Virtual na Consolação é um sistema de monitoramento remoto para condomínios, ou seja, o atendimento é feito em uma central à distância.

O morador tem um controle de acesso que consequentemente libera a entrada e saídas do condomínio sendo por garagem ou portão de pedestres.

Finalmente visitantes e prestadores de serviços assim que liberados pelo morador, são cadastrados e sua entrada é liberada com total segurança.

Veja como funciona o sistema com a Portaria Virtual na Consolação:

Entrada de Moradores no condomínio com Portaria Virtual na Consolação

  1. Primeiro Portão de acesso de moradores: conta com um equipamento 3 em 1 o morador entra usando o reconhecimento facial, biometria ou tag.
  2. Segundo Portão de acesso de moradores: conta com um equipamento alfanumérico (teclado) que funciona tanto com senha de 4 dígitos ou tag.

Saída de Moradores no condomínio com Portaria Virtual na Consolação

  • 1° e 2° Portão de saída com Portaria Virtual na Consolação: conta com um equipamento alfanumérico (teclado) que funciona tanto com senha de 4 dígitos ou tag.

Os moradores são previamente cadastrados e assim, como resultado, contam com acesso automático, pois sua identificação ocorre por meio de dispositivos que permitem sua circulação como por exemplo Cartão de aproximação (Tag), reconhecimento facial ou Biometria.

Entrada de Visitantes ou Prestadores de Serviços com Portaria Virtual na Consolação

  • 1° Portão: conta com interfone (porteiro Voip), destinado a identificar a pessoa que pretenda entrar nas dependências do edifício;
  • A central de atendimento: é responsável pela identificação do visitante, assim como pelo cadastro.
  • A central entra em contato com o morador e conforme a resposta obtida, abrirá ou não os portões, remotamente.

Saída de Visitantes ou Prestadores de Serviços com Portaria Virtual na Consolação

  • Portão de saída: conta com interfone (porteiro Voip), destinado a identificar o visitante na saída do edifício.

Entrada de Veículos com Portaria Virtual na Consolação

  • Os portões de veículos contam com um controle de acesso anti clonagem onde fica registrada a entrada e saída de cada veiculo.

O monitoramento é realizado 24 horas por dia e para tanto, faz uso dos seguintes equipamentos, dentre outros:

  • Câmeras de segurança;
  • Porteiro Voip;
  • Alarmes eletrônicos;
  • Cercas elétricas;
  • Interfones;
  • Software

Com a Portaria Virtual na Consolação, o controle de acesso ao condomínio é realizado à distância por funcionários especializados, em uma central de atendimento própria. A eliminação da necessidade de funcionários na portaria e a tecnologia de ponta em controle de acesso oferecem:

A Portaria Virtual na Consolação é Remota e Inteligente.

Acima de tudo nosso serviço de Portaria Virtual se destaca através da implantação de Projetos Inteligentes e Personalizados, os quais garantem a eficiência em cada solução onde são aplicados.

Otimizamos os recursos reduzindo custo e criando o gerenciamento de acesso com relatórios, gravações e armazenamento das imagens e áudio.

Atendemos Condomínios, Prédios e Edifícios com
Portaria Virtual em toda Grande São Paulo SP

Solicitação de Orçamento para Portaria Virtual

 

Sob o mesmo ponto de vista, acesse os links abaixo para ter mais informações:Portaria Virtual na Consolação

Além disso, acesse também os links abaixo com mais informações sobre Portaria Virtual nas regiões:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual por ramo de atividade:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Norte SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Oeste SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Sul SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairro da Zona Leste SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros do Centro SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nas cidades da grande São Paulo:

Solicite agora seu orçamento para Portaria Virtual em condomínio, prédios ou edifícios:

Conheça um pouco da Consolação

Por volta de 1865, a grande rua da Consolação – hoje larga, comprida e sempre congestionada – era um estreito caminho para o longínquo bairro de Pinheiros e a cidade de Sorocaba.
A freguesia da Consolação nasceu do retalhamento de chácaras em 1870, e naquele ano já registrava mais de 3.500 habitantes (hoje são 54.301 moradores no distrito).

Seu primeiro nome foi rua do Piques, nome de um comerciante muito popular.
Dizem as lendas que Antônio Ferreira Piques era famoso como “o mais querido leiloeiro de escravos de São Paulo”.
Antes ainda a nossa Consolação teve o nome de Anhangavahi de Cima.

A Igreja Nossa Senhora da Consolação (daí o nome do bairro) já era uma grande paróquia em 1871.
O bairro era constituído de casas modestas, até que chegaram os barões do café com seus grandes casarões e mansões, mudando por completo a paisagem.

Crescimento

O local começou a ser procurado pelos novos-ricos brasileiros, os imigrantes enriquecidos no comércio.
Aos poucos, a região iniciou sei declínio, quando os barões se cansaram e foram deixando suas mansões.
Da mesma forma e quase ao mesmo tempo, estabelecimentos comerciais foram tomando conta das imediações.
Hoje, a Consolação é um bairro eminentemente comercial, com uma vida noturna bem agitada.

O Cemitério da Consolação, inaugurado em agosto de 1858, nasceu da proposta de um vereador que a oficiou ao presidente (governador) da província.
Tal proposta foi aprovada e o local escolhido era muito afastado da cidade e sem moradores.
Parte do terreno era de propriedade de dona Domitila de Castro, marquesa de Santos, e, inicialmente, era destinado a enterrar os ricos.

Os pobres eram enterrados em covas coletivas no Cemitério dos Aflitos, inaugurado em 1775 na região da Liberdade.
Antes disso, até a proibição em 1801 pelo rei de Portugal, dom João VI, os enterros aconteciam no interior das igrejas, costume que se originou nos primeiros anos do cristianismo, quando os mortos eram enterrados nas catacumbas, e que perdurou por muito tempo no Brasil.

 

Tags: Portaria Virtual na Consolação, portaria, virtual, remota, inteligente, porteiro, condomínio, prédio, edifício, segurança, vigilância, São Paulo, SP