Portaria Virtual na República

Portaria Virtual na República

Como funciona a Portaria Virtual Remota e Inteligente

Monitoramento 365 dias por ano 24 horas por dia

Acima de tudo a Portaria Virtual na República é um sistema de monitoramento remoto para condomínios, ou seja, o atendimento é feito em uma central à distância.

O morador tem um controle de acesso que consequentemente libera a entrada e saídas do condomínio sendo por garagem ou portão de pedestres.

Finalmente visitantes e prestadores de serviços assim que liberados pelo morador, são cadastrados e sua entrada é liberada com total segurança.

Veja como funciona o sistema com a Portaria Virtual na República:

Entrada de Moradores no condomínio com Portaria Virtual na República

  1. Primeiro Portão de acesso de moradores: conta com um equipamento 3 em 1 o morador entra usando o reconhecimento facial, biometria ou tag.
  2. Segundo Portão de acesso de moradores: conta com um equipamento alfanumérico (teclado) que funciona tanto com senha de 4 dígitos ou tag.

Saída de Moradores no condomínio com Portaria Virtual na República

  • 1° e 2° Portão de saída com Portaria Virtual na República: conta com um equipamento alfanumérico (teclado) que funciona tanto com senha de 4 dígitos ou tag.

Os moradores são previamente cadastrados e assim, como resultado, contam com acesso automático, pois sua identificação ocorre por meio de dispositivos que permitem sua circulação como por exemplo Cartão de aproximação (Tag), reconhecimento facial ou Biometria.

Entrada de Visitantes ou Prestadores de Serviços com Portaria Virtual na República

  • 1° Portão: conta com interfone (porteiro Voip), destinado a identificar a pessoa que pretenda entrar nas dependências do edifício;
  • A central de atendimento: é responsável pela identificação do visitante, assim como pelo cadastro.
  • A central entra em contato com o morador e conforme a resposta obtida, abrirá ou não os portões, remotamente.

Saída de Visitantes ou Prestadores de Serviços com Portaria Virtual na República

  • Portão de saída: conta com interfone (porteiro Voip), destinado a identificar o visitante na saída do edifício.

Entrada de Veículos com Portaria Virtual na República

  • Os portões de veículos contam com um controle de acesso anti clonagem onde fica registrada a entrada e saída de cada veiculo.

O monitoramento é realizado 24 horas por dia e para tanto, faz uso dos seguintes equipamentos, dentre outros:

  • Câmeras de segurança;
  • Porteiro Voip;
  • Alarmes eletrônicos;
  • Cercas elétricas;
  • Interfones;
  • Software

Com a Portaria Virtual na República, o controle de acesso ao condomínio é realizado à distância por funcionários especializados, em uma central de atendimento própria. A eliminação da necessidade de funcionários na portaria e a tecnologia de ponta em controle de acesso oferecem:

A Portaria Virtual na República é Remota e Inteligente.

Acima de tudo nosso serviço de Portaria Virtual se destaca através da implantação de Projetos Inteligentes e Personalizados, os quais garantem a eficiência em cada solução onde são aplicados.

Otimizamos os recursos reduzindo custo e criando o gerenciamento de acesso com relatórios, gravações e armazenamento das imagens e áudio.

Atendemos Condomínios, Prédios e Edifícios com
Portaria Virtual em toda Grande São Paulo SP

Solicitação de Orçamento para Portaria Virtual

 

Sob o mesmo ponto de vista, acesse os links abaixo para ter mais informações:Portaria Virtual na República

Além disso, acesse também os links abaixo com mais informações sobre Portaria Virtual nas regiões:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual por ramo de atividade:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Norte SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Oeste SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Sul SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairro da Zona Leste SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros do Centro SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nas cidades da grande São Paulo:

Solicite agora seu orçamento para Portaria Virtual em condomínio, prédios ou edifícios:

Conheça um pouco da República

Algo que poucos sabem: a praça da Republica é um pequeno bairro – e também um dos menores distritos da capital paulista, e, em passado recente, foi um largo longe do centro da cidade.

Por volta de metade do século XIX, a área era destinada a treinamentos militares e conhecida como praça da Legião.
Ficava nas proximidades da Chácara do Chá, de propriedade de Joaquim José dos Santos, o barão de Itapetininga, e da chácara do general Arouche.

Em 1817, o engenheiro Daniel Pedro Muller comandou a implantação de uma grande área de lazer e recreação pública. Na praça foi construído um anfiteatro de madeira para as populares touradas e cavalhadas. Naquele tempo a praça mudou até o de nome, passando a ser conhecida como praça do Curro.

Com o tempo, as touradas caíram de moda e o local ficou às moscas, tornando-se um espaço de treinamento de chocheiros e cavalos – uma espécie de auto-escola da época.
Serviu ainda como palco para uma grande feira de madeira. Nessa época, a região foi sendo ocupada.
Com a Proclamação da República, em 1889, a praça ganhou seu nome definitivo e passou a ser um ponto importante na geografia da nascente metrópole, principalmente depois da inauguração do Viaduto do Chá. Em seguida foi inaugurada a Escola Caetano de Campos onde estudava a nata paulistana.

Crescimento

Em 1905, no auge da grande imigração e da chegada dos dólares do café, a praça foi totalmente reformada e a cidade ganhou, de forma definitiva, um dos seus principais pontos de referencia. Ao seu redor foram construídos grandes edifícios e, com o correr dos anos, a praça e seu entorno tornaram-se cada vez mais importantes para a capital.

Foi no solo da praça da República que tombaram os quatro estudantes de direito (Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo), cujas iniciais deram origem ao MMDC, que identifica a Revolução Constitucionalista de 1932.

Nessa mesma praça, nos anos 1940 e 1950, colecionadores se encontravam para trocar mercadorias e novidades. Na década seguinte tornou-se referência hippie do Brasil. Ali se reuniam os artistas de vanguarda, expondo suas obras e idéias. Com a chegada do Metrô, na década de 1970, a praça da República adquiriu um ar mais cosmopolita, perdendo um pouco do antigo charme.

Tags: Portaria Virtual na República, portaria, virtual, remota, inteligente, porteiro, condomínio, prédio, edifício, segurança, vigilância, São Paulo, SP