Portaria Virtual no Butantã

Portaria Virtual no Butantã

Como funciona a Portaria Virtual Remota e Inteligente

Monitoramento 365 dias por ano 24 horas por dia

Acima de tudo a Portaria Virtual no Butantã é um sistema de monitoramento remoto para condomínios, ou seja, o atendimento é feito em uma central à distância.

O morador tem um controle de acesso que consequentemente libera a entrada e saídas do condomínio sendo por garagem ou portão de pedestres.

Finalmente visitantes e prestadores de serviços assim que liberados pelo morador, são cadastrados e sua entrada é liberada com total segurança.

Veja como funciona o sistema com a Portaria Virtual no Butantã:

Entrada de Moradores no condomínio com Portaria Virtual no Butantã

  1. Primeiro Portão de acesso de moradores: conta com um equipamento 3 em 1 o morador entra usando o reconhecimento facial, biometria ou tag.
  2. Segundo Portão de acesso de moradores: conta com um equipamento alfanumérico (teclado) que funciona tanto com senha de 4 dígitos ou tag.

Saída de Moradores no condomínio com Portaria Virtual no Butantã

  • 1° e 2° Portão de saída com Portaria Virtual no Butantã: conta com um equipamento alfanumérico (teclado) que funciona tanto com senha de 4 dígitos ou tag.

Os moradores são previamente cadastrados e assim, como resultado, contam com acesso automático, pois sua identificação ocorre por meio de dispositivos que permitem sua circulação como por exemplo Cartão de aproximação (Tag), reconhecimento facial ou Biometria.

Entrada de Visitantes ou Prestadores de Serviços com Portaria Virtual no Butantã

  • 1° Portão: conta com interfone (porteiro Voip), destinado a identificar a pessoa que pretenda entrar nas dependências do edifício;
  • A central de atendimento: é responsável pela identificação do visitante, assim como pelo cadastro.
  • A central entra em contato com o morador e conforme a resposta obtida, abrirá ou não os portões, remotamente.

Saída de Visitantes ou Prestadores de Serviços com Portaria Virtual no Butantã

  • Portão de saída: conta com interfone (porteiro Voip), destinado a identificar o visitante na saída do edifício.

Entrada de Veículos com Portaria Virtual no Butantã

  • Os portões de veículos contam com um controle de acesso anti clonagem onde fica registrada a entrada e saída de cada veiculo.

O monitoramento é realizado 24 horas por dia e para tanto, faz uso dos seguintes equipamentos, dentre outros:

  • Câmeras de segurança;
  • Porteiro Voip;
  • Alarmes eletrônicos;
  • Cercas elétricas;
  • Interfones;
  • Software

Com a Portaria Virtual no Butantã, o controle de acesso ao condomínio é realizado à distância por funcionários especializados, em uma central de atendimento própria. A eliminação da necessidade de funcionários na portaria e a tecnologia de ponta em controle de acesso oferecem:

A Portaria Virtual no Butantã é Remota e Inteligente.

Acima de tudo nosso serviço de Portaria Virtual se destaca através da implantação de Projetos Inteligentes e Personalizados, os quais garantem a eficiência em cada solução onde são aplicados.

Otimizamos os recursos reduzindo custo e criando o gerenciamento de acesso com relatórios, gravações e armazenamento das imagens e áudio.

Atendemos Condomínios, Prédios e Edifícios com
Portaria Virtual em toda Grande São Paulo SP

Solicitação de Orçamento para Portaria Virtual

 

Sob o mesmo ponto de vista, acesse os links abaixo para ter mais informações:Portaria Virtual no Butantã

Além disso, acesse também os links abaixo com mais informações sobre Portaria Virtual nas regiões:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual por ramo de atividade:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Norte SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Oeste SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros da Zona Sul SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairro da Zona Leste SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nos bairros do Centro SP:

Além disso, acesse também os links abaixo para Portaria Virtual nas cidades da grande São Paulo:

Solicite agora seu orçamento para Portaria Virtual em condomínio, prédios ou edifícios:

Conheça um pouco do Butantã

A região do Butantã era rota de passagem de bandeirantes e jesuítas que se dirigiam ao interior do país.
Foi na região do Butantã que Afonso Sardinha montou o primeiro trapiche de açúcar da vila de São Paulo, em sesmaria obtida em 1607.
As terras da antiga sesmaria tiveram várias denominações: Ybytatá, Uvatantan, Ubitatá, Butantan e, finalmente, Butantã.

Posteriormente, a sesmaria foi doada para a Igreja do Colégio São Paulo.
Há duas versões para o significado do nome Butantã: “terra socada e muito dura” e “lugar de vento forte”.

Após a expulsão dos jesuítas , em 1759, as terras foram confiscadas e vendidas.
Um dos últimos proprietários foi a família Vieira de Medeiros que vendeu as terras para a Cia.
City Melhoramentos, em 1915, responsável pela urbanização das margens do rio Pinheiros.
Datam do século XVII e XVIII duas construções históricas localizadas na região do Butantã, respectivamente a Casa do Sertanista e a Casa do Bandeirante, ambas tombadas.

A região do Butantã era constituída por sítios, como o sítio Butantã, sítio Rio Pequeno, sítio Invernada Grande ou Votorantim, sítio Campesina ou Lageado e sítio Morumbi.
O desenvolvimento do bairro ocorreu a partir de 1900, sobretudo com a implantação do Instituto,  e Cidade Universitária.

Instituto Butantã

O Instituto foi oficialmente inaugurado em 1901.
Sua origem está associada ao combate da peste bubônica, que por volta de 1898 causava uma epidemia em Santos, litoral paulista.
Para produzir o soro contra a peste, foi escolhida uma área fora do perímetro urbano da cidade de São Paulo.
Assim, foi instalado um laboratório junto ao Instituto Bacteriológico, na fazenda Butantan, que dois anos mais tarde recebeu o nome de Instituto Serumteráphico, passando a atuar na área de pesquisa e produção de soros, sob a coordenação do médico Vital Brazil.

Somente em 1925, o nome oficial passou a ser Instituto, hoje vinculado à Secretaria de Estado da Saúde. O conjunto arquitetônico foi tombado pelo Patrimônio Histórico em 1981. O local onde está instalado o Instituto é apenas uma parte da propriedade que abrangia também o campus da Universidade de São Paulo.

Crescimento

A partir dos anos 20, começaram a surgir os primeiros bairros como Vila Butantã, Vila Lageado e Cidade Jardim. Nos anos 30, surgiram os bairros Peri Peri, Vila Clodilte, Vila Gomes, Água Podre e Caxingui. Nas décadas de 40 e 50, foram os bairros Jardim Guedala, Previdência, Vila Progredior, Vila Hípica, Jardim Ademar, Jardim Trussardi, Vila Pirajussara.
Nos anos 40 a Companhia Imobiliária Morumby dividiu os últimos lotes da antiga fazenda Morumbi.  Até então ocupado por chácaras e pequenas fazendas, o Morumbi se tornaria área residencial a partir de 1948. Seu nome possui duas interpretações: uma corruptela de Meru-obi, que significa mosca verde, ou Marâ-bi, que significa luta oculta.
Entre os anos 50 e 60 surgiram os bairros Rolinópolis, Esmeralda, Ferreira, Monte Kemel, Vila Maria Augusta, Jardim Bonfiglioli, Jardim Pinheiros entre outros.
Há, ainda, dois conjuntos habitacionais importantes, Cohab Educandário e Cohab Raposo Tavares.

 

Tags: Portaria Virtual no Butantã, portaria, virtual, remota, inteligente, porteiro, condomínio, prédio, edifício, segurança, vigilância, São Paulo, SP